Quarta feira

Quarta feira. Nunca sei a quantas ando. Tomo mais um descafeinado como desculpa, para mordiscar bolachas de formas estranhas.

Sexta

Sexta é múltipla. Mais múltipla que nada. Listas de tarefas que começam, listas de tarefas que terminam. Pressas ou lentidões. Descanso ou saída. Sexo, ou caça. Vinho ou cerveja. Peixe ou carne. Dia Sagrado, mas para quê? Não deixa ninguém indiferente, para muitos não faz diferença. Sexta é melhor que segunda, para alguns. Sexta é…

Exercitando

Noemi pediu mudança de foco, deixar adivinhar o motivo. O lugar de sempre, estradas tortas desenhando o mundo redondo, eu vou. É de noite e parece que choveu faz pouco. Caminho sozinha até à galeria, Irei na casa da minha avó ou na minha? O que vão pedir hoje?Insistente a caneta no bloco fino desenhando…